ANEAM - Associação Nacional dos Engenheiros Ambientais

04-07-2014

I Curso Argentino-Brasileiro de “Pagamento de Serviços Ambientais”

Avalie este item
(0 votos)

Nos dias 8 a 10 de julho, a Faculdade de Ciências Agronômicas / FCA da UNESP de Botucatu, o Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal, da FCA-UNESP de Botucatu, a Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais / FEPAF e o Departamento de Economia, Sociologia e Tecnologia, na pessoa do Prof. Dr. Luiz César Ribas, promovem o I Curso Argentino-Brasileiro de “Pagamento por Serviços Ambientais”.

 

 

Horário: Das 8h00 as 12h00 e das 14h00 as 18h00.

 

 

Objetivo do Evento:

 

Analisar as bases da relação entre economia e meio ambiente.

Descrever a importância social e econômica dos serviços ambientais.

Compreender os fundamentos da avaliação econômica e presença de instrumentos de avaliação ambiental para os serviços ambientais.

Interpretar o papel dos serviços ambientais para o desenvolvimento social e econômico das comunidades localizadas em áreas economicamente afligidas.

Descrever a metodologia de implantação de esquemas de Pagamentos por Serviços Ambientais.

Apresentar e discutir exemplos de Pagamento por Serviços Ambientais no Brasil, na Argentina e em outros países.

 

Ministrantes:

- Prof. Dr. Miguel Ángel Sarmiento.

Departamento Académico de Producción Forestal. Facultad de Ciencias Forestales. Universidad Nacional de Santiago del Estero. Argentina

 

- Prof. Dr. Luiz César Ribas.

Departamento de Economia, Sociologia e Tecnologia. Faculdade de Ciências Agronômicas / FCA. Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” / UNESP. Campus de Botucatu / SP.

 

 

Local:

Auditório “Prof. Paulo Rodolfo Leopoldo”

Faculdade de Ciências Agronômicas / Unesp

Fazenda Experimental Lageado – Botucatu / SP

 

 

Investimento:

Estudantes de Graduação - R$ 15,00

Estudantes de Pós-Graduação - R$ 25,00

Profissionais, técnicos e docentes - R$ 35,00

Obs: Após o dia 04 de julho haverá um acréscimo de R$ 10,00.

 

 

Inscrições:

Para efetuar sua inscrição, CLIQUE AQUI.

 

 

Organizadores:

Faculdade de Ciências Agronômicas / FCA. UNESP – Botucatu / SP.

Fundação de Estudos e Projetos Agrícolas e Florestais / FEPAF. Botucatu / SP

Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal. FCA / UNESP. Botucatu / SP

Pró Reitoria de Extensão Universitária / Proex. UNESP / Reitoria. São Paulo / SP

 

 

Ementa do Curso

 

1. Economia Ambiental

1.1 Serviços Ambientais

1.2 Métodos de valoração ambiental

1.3 Métodos de valoração de serviços ambientais

1.4Exemplos práticos

 

2. Sistemas de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA)

2.1 Metodologias gerais para a implantação de sistemas de PSA

2.2 Elaboração de um projeto técnico de PSA

2.3Avaliação e Monitoramento de um projeto técnico de PSA

 

3. Fases de implantação de um sistema de PSA

 

 

 

> Conteúdo Programático

 

Tema 1. Serviços Ambientais 

Introdução à Economia. Conceitos de bens e serviços econômicos. Economia ambiental. Bens e serviços ambientais. Serviços ambientais em bosques e bacias hidrográficas. Valoração de serviços ambientais. Métodos de avaliação ambiental. Valoração de serviços ambientais proporcionados por bosques nativos em bacias hidrográficas. Exemplos de valoração de serviços ambientais em bacias hidrográficas na Argentina.

 

Tema 2. Sistemas de Pagamento por Serviços Ambientais

Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). Metodología geral para a implantação de sistemas de PSA. O sistema de PSA como projeto cíclico. Concepção do projeto. Pré estudo de viabilidade. Estudo de viabilidade. Projeto definitivo. Execução do projeto. Operação e gestão. Avaliação de resultados. Metodologia de Avaliação e Monitoramento de um PSA. Metodología geral para a avaliação de projetos. Objetivos da avaliação em sentido genérico. Fases da avaliação em sentido genérico. Metodología de monitoramento e avaliação de um PSA. Monitoramento e avaliação da sustentabilidade de um PSA. Metodologia específica a ser desenvolvida pela entidade gestora para o monitoramento territorial ambiental da bacia hidrográfica.

 

Tema 3. Fases para a implantação de um sistema de PSA

a) Identificação dos ofertantes e estudo socioeconómico da bacia hidrográfica; b) Mapeamento do meio físico, estudo prévio de planejamento físico e elaboração de um plano de desenvolvimento rural; c) Estudo e balanço hídrico; d) Identificação dos demandantes do recurso hídrico e estudo da disposição a pagar (DAP) por intermédio da valoração contingente; e) Planejamento físico das áreas da bacia hidrográfica com maior importância para a manutenção do recurso hídrico; f) Valoração do custo das medidas necessárias para a conservação do recurso hídrico g) Estudo dos dispositivos ras legais a serem utilizados; h) Critérios e recomendações a considerar na seleção de áreas para a implantação de um PSA; i) Vantagens e dificuldades dos sistemas de PSA; j) Benefícios dos PSA.

 

Fonte: FEPAF e UNESP Botucatu

Última modificação em Sexta, 04 Julho 2014 01:20

Add comment


Security code
Refresh

Associação dos Engenheiros Ambientais

Top Desktop version